Agressor que foi filmado agredindo mulher em Belém é exonerado da ALEPA


Homem agride mulher dentro de carro, em Belém (Reprodução/ Redes sociais)

A bancada feminina da Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA), pediu a exoneração do agressor que também é servidor da ALEPA, Antônio Carlos Martins, que foi filmado no último sábado (27) agredindo uma mulher em pleno trânsito da capital paraense para o presidente da casa de leis, o Deputado Estadual Chicão (MDB) e teve seu pedido atendido pela presidência da casa.


“Me solidarizo com a vítima, e reafirmo a defesa da defesa das mulheres no Pará”, escreveu a deputada Marinor Brito, em seu Twitter. A parlamentar informou, também pelas redes sociais, que o servidor foi exonerado, mas conforme apurado por O Liberal, até às 11h20 desta terça, a exoneração ainda não havia sido assinada pelo presidente da Alepa, deputado Francisco Melo, o Chicão (MDB).


A deputada Marinor Brito (PSOL), também membro do departamento da Casa, já havia adiantado que ele deveria ser desligado do quadro de servidores da casa. “Me solidarizo com a vítima, e reafirmo a defesa da defesa das mulheres no Pará”, escreveu, em seu perfil no Twitter. A exoneração será publicada no próximo Diário Oficial da casa, na próxima sexta-feira (3).


Entenda o caso:

Uma cena de violência contra à mulher foi registrada em pleno trânsito da capital paraense. O vídeo, que começou a circular no último sábado (27), mostrou uma mulher sendo agredida por um homem dentro de um carro.


Nas imagens, o automóvel está parado, travando o fluxo de veículos. O registro mostra que a vítima está com partes do corpo para fora, tentando fugir, e é imobilizada pelo agressor com um golpe de mata-leão.


Uma mulher em outro veículo filma a ação. Aos gritos, a vítima clama por socorro. A motorista que registrou a ação passa pelo veículo a alerta o abusador: "Larga ela que eu tô filmando a tua cara, agressor!". Com medo, o homem solta a vítima.

55 visualizações0 comentário