Atenção, paraenses! Mês de Fevereiro será marcado pelos dias quentes e de maré alta


Foto: Reprodução Google

Um levantamento feito pela Marinha do Brasil e divulgado pela Defesa Civil de Belém, alerta para os níveis da maré alta, na capital e na região das ilhas, nos próximos dias. Segundo a análise feita pelos técnicos, a maré deve ultrapassar a marcar de 3,5 metros. Já no início da madrugada de hoje (quinta-feira, 03), a maré deverá atingir os 4 metros, por volta das 00h04, fazendo com que atenção seja redobrada, principalmente nas áreas mais baixas da cidade.


Vale destacar, que o cálculo é feito, de acordo com a variação anual da distância entre a lua e a terra. Quando a lua está mais próxima, as marés estão mais altas do que o normal e quando está mais distante, as marés estão mais baixas. Essa influência também provoca correntes marítimas que geram duas marés altas e duas baixas diariamente.


Então, aqueles que admiram esse fenômeno, fiquem ligados, pois as marés seguirão altas até a próxima segunda-feira (7), quando a lua estará na fase nova. Isso quer dizer que, estará alinhada com o sol e a terra. Com essa força da atração elevada ao máximo, a previsão é que as marés mais altas sejam vistas.


Já o boletim mensal, divulgado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) nesta quarta-feira (02), apresenta climatologia máxima e mínima para a previsão de chuvas em fevereiro, em todas as regiões do Pará. Os meteorologistas, alertam para os índices fortes de chuvas desse período, em razão da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que acaba contribuindo no acúmulo máximo e médio na faixa dos 300 a 650 mm/mês (climatologia máxima) abrangendo desde o município de Parauapebas, no Sudeste do Pará, até o litoral do Arquipélago do Marajó e também do Nordeste paraense - região que engloba municípios como Bragança, Salinópolis e São Caetano de Odivelas.


Já a Região Metropolitana de Belém, apresenta acumulado na faixa de 350-400 mm/mês, e os municípios das regiões Nordeste e Sudeste apresentam volumes de chuva entre 250 e 500 mm/mês. Ainda de acordo com a Semmas, fevereiro será marcado por dias quentes e abafados, pela manhã e à tarde e no início da noite, podendo assim, chuvas dentro da normalidade, mas de forma constante.

167 visualizações0 comentário