Bora Belém se aproxima da marca histórica de quase dez mil famílias beneficiadas com programa social


Foto: Reprodução / Agência Pará

A Prefeitura de Belém, encerrou no último mês de outubro, uma fase excepcional, realizada no sábado (23), do ‘Bora Belém’. O programa de transferência de renda, é direcionado as famílias de baixa renda, que foram atingidas economicamente pela Covid-19.


O mutirão realizado pela Fundação Papa João XXIII (Funpapa), sob o comando do Professor Alfredo Costa, instalou diversos postos de cadastros, em bairros estratégicos da capital, para que as famílias pudessem se inscrever, para ter a chance de serem contempladas para o recebimento do benefício.


Segundo Alfredo Costa a ação teve um ótimo desempenho, e com isso, fez com que o programa ficasse bem próximo de contemplar quase dez mil famílias em Belém e na região das ilhas.


No Início dos anos 2000, a capital paraense, teve um programa similar ao ‘Bora Belém’. Na época, o ‘Bolsa-Escola’ ajudou milhares de famílias belenenses, com o valor de até um salário mínimo.


Vale lembrar que, há mais de quinze anos, a capital do Estado, estava sem um programa que beneficiasse os cidadãos que encontram em situação de extrema pobreza.


As famílias que procuraram os postos do mutirão, organizados pela Prefeitura de Belém, ainda tiveram a chance, caso se encaixasse nas regras, de se cadastrar no Cadastro Único (Cadúnico).

142 visualizações0 comentário