Brasileiro que ganha um salário mínimo e meio pode ser obrigado a pagar Imposto de Renda


Foto: Remessa Online

Com a previsão de um salário mínimo de R$ 1.294 em 2023, o trabalhador brasileiro que ganha 1,5 salário mínimo (R$ 1.941) vai ter de pagar o Imposto de Pessoa Física (IPRF) a partir do ano que vem se a tabela de isenção não for corrigida. Isso significa que R$ 2,77 devem ser descontados todo mês do contracheque desses trabalhadores. Hoje, quem ganha 1,5 salário mínimo (R$ 1.818) é isento do IR.


O cenário econômico do brasileiro vem se agravando nos últimos anos e que cada vez mais pessoas com renda baixa passam a pagar o imposto. A razão disso é o congelamento do limite da faixa de isenção da tabela do IRPF em R$ 1.903. Ele é o mesmo desde 2015, quando o salário mínimo era de R$ 788.


LEIA MAIS:


+ Saiba como fazer empréstimo na Caixa mesmo estando negativado


Pagava imposto quem ganhava acima de 2,4 mínimos (hoje, o correspondente a R$ 2.908). Quando o Plano Real entrou em vigor, em julho de 1994, a faixa de isenção do IR era de R$ 561,81, o correspondente a oito salários mínimos à época (de R$ 70).


A Lei de Diretrizes Orçamentárias aprovada ontem pelo Congresso prevê um reajuste do mínimo de R$ 1.212 para R$ 1.294.


O valor deve subir ainda mais por causa da inflação em alta. O próprio Ministério da Economia já revisou para cima as estimativas do reajuste e prevê o mínimo em R$ 1.310 a partir de janeiro do ano que vem. Se concretizar, quem ganha 1,5 salário mínimo (R$ 1.965) terá R$ 4,57 descontados todo mês.


LEIA MAIS:


+ Confira o valor do novo salário mínimo


+ Empréstimo Auxílio Brasil de R$ 2.500: como solicitar? valor já foi liberado?




Com Informações de Estadão

208 visualizações0 comentário