Cabo da PM morre, após sofrer atentado no Guamá. Já são 4 agentes de seguraça mortos em quatro dias


Foto: Reprodução Redes Sociais

Um cabo da polícia militar foi executado no bairro do Guamá, na noite deste sábado (29). Segundo informações preliminares, Antônio Madson Campos Barros morava no bairro e foi morto por homens que estavam em um carro preto.


O militar foi socorrido as pressas pelo Corpo de Bombeiro e levado para um hospital, localizado no bairro do Marco. No entanto, Madson não conseguiu resistir aos ferimentos e veio a óbito.


Madson era lotado no no 14° batalhão de Barcarena. Com a morte do Cabo, sobe para 4 o numero de policiais mortos em quatro dias. A primeira morte foi no dia 20 janeiro, o guarda municipal de Belém, Saulo de Tarso Rocha Bitencourt, foi executado a tiros na rua Dois de Junho, no bairro de Águas Brancas, em Ananindeua; a segunda morte foi a do Sargento da Policia Militar Milton Carlos foi executado por 05 elementos na cidade de Bragança; a terceira foi do Sargento da PM Luís Fernando Monteiro Ferreira, que saiu para comprar pão e acabou sendo executado; a quarta morte foi a de Madson, no Guamá.

147 visualizações0 comentário