Caso Edrica: suspeito de atirar em ex-namorada é militar e já responde por violência domestica


Foto: Reprodução whatsapp

Edrica Moreira Lopes da Silva, de 19 anos, sofreu uma tentativa de feminicídio na manhã da última sexta-feira (12), no conjunto Sideral. O ex-namorado da vítima, Edrisandro de Jesus da Costa, que é Sargento do Exército é o principal suspeito de cometer o crime.


Edrisandro não estava aceitando o fim do relacionamento e por isso teria tentado tirar a vida da vítima. Além de Edrica, a amiga dela que estava no mento do crime também alvejada.


Edrica e sua amiga caminhavam pela rua, quando um carro se aproximou das duas e um homem fez diversos disparos contra as moças. Edrica foi alvejada por 3 vezes e ainda está precisando de sangue.


Jovem que sofreu uma tentativa de feminicídio nesta manhã precisa de doação de sangue


Segundo a família da vítima, Edisandro de Jesus estava inconformado com o fim do relacionamento e já havia ameaçado e agredido sua Edrica várias vezes. No final de outubro, a jovem chegou a pedir medida protetiva contra o militar, que já responde um processo por violência doméstica.


A Polícia Civil informou que as buscas por Edisandro de Jesus estão sendo realizadas desde a manhã da última sexta-feira (12), mas o suspeito ainda não foi encontrado. Ainda segundo a polícia as imagens das câmeras de monitoramento próximas aos locais já foram requeridas para dar continuidade as investigações.

485 visualizações0 comentário