Caso Yasmin: Polícia volta ouvir testemunhas nesta segunda (17)


Foto/reprodução

A Polícia Civil do Estado do Pará, vai retomar nesta segunda-feira (17) os depoimentos das testemunhas que segundo as suspeitas prévias dos investigadores, estariam no mesmo passeio de lancha em que estava a estudante e influenciadora Yasmin Macêdo, de 21 anos, que morreu no dia 12 de dezembro.


O advogado de defesa da família de Yasmin, Luiz Araújo, acredita que as oitivas devem durar somente mais esta semana e, então, poderá ter início o processo de reconstituição do caso. Na semana passada, o médico legista e suspeito Euler Cunha Magalhães, o “Dr. Léo”, foi ouvido pela terceira vez.


Entenda o caso:


A jovem desapareceu por volta de 22h30 da noite do dia 12 de dezembro, após participar de um passeio de lancha pelo rio Maguari, em Belém. O corpo da jovem foi encontrado às 12h40 de segunda-feira (13), em Icoaraci. Segundo o Corpo de Bombeiros do Pará, Yasmin foi encontrada a aproximadamente 11 metros de profundidade.

23 visualizações0 comentário