Cemitérios da Grande Belém passam por mutirão de limpeza antes do Dia de Finados


Foto/ reprodução google.


Na Grande Belém, já iniciaram os serviços de limpeza e manutenção nos cemitérios, como roçagem, retirada de entulho e lixo nas alamedas e arredores de sepulturas.


Em Belém, a Secretaria Municipal de Urbanismo de Belém (Seurb) já está vistoriando e reforçando a manutenção da iluminação pública nas principais ruas de acesso, nos arredores e no interior dos cemitérios que estão sob a administração da Secretaria, o de Santa Izabel (Guamá) e São Jorge (Marambaia).


Somente na capital, mais de 65 mil pessoas são esperadas em apenas duas necrópoles públicas. 45 mil visitantes no cemitério Santa Izabel e 20 mil no cemitério São Jorge.

Seurb solicita que o público antecipe as visitações para evitar aglomerações no Dia de Finados, assim como faça uso de máscaras e mantenha o distanciamento social.


MOSQUEIRO - Os cemitérios da ilha de Mosqueiro também passam por processo de revitalização. A ilha possui três cemitérios, sendo o maior deles o São José, localizado na Vila, com 3.530 sepulturas; o segundo é o cemitério Santa Maria, em Carananduba, com 2.263; e conta também com o São Odorico, na Baía do Sol, com 742 sepulturas.


ANANINDEUA - No município, os serviços estão sendo feitos por meio da Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat), nos cemitérios São Sebastião, Cidade Nova VIII e Girassol. A iniciativa ganhou um reforço da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), que autorizou 25 custodiados do projeto Conquistando a Liberdade para somar ao trabalho dos agentes. Cada dia trabalhado, conta na redução da pena dos custodiados.

18 visualizações0 comentário