Dia Internacional da Igualdade Feminina


Foto: Imagem GOOGLE

Definido como o Dia Internacional da Igualdade Feminina, 26 de agosto é uma data que vem reforçar a necessidade de debater e de ações urgentes para o alcance da igualdade e equidade nas mais diferentes esferas da sociedade para todas as mulheres.


Pois a luta das mulheres para terem acesso aos direitos civis não é de hoje, é histórica, e também igualdade de trabalho, representatividade política, são pautas que estão presentes em todos os debates.


Talvez tu não saibas, mas no Brasil, apenas há 58 anos as mulheres conquistaram o pleno direito, perante as leis brasileiras, de exercer uma profissão. A vitória, em 1962, ocorreu com a revogação do inciso VII do Artigo 242 do Código Civil brasileiro de 1916 – em que o trabalho feminino estava sujeito à autorização do marido.


E ainda hoje, uma das batalhas mais difíceis é garantir à mulher inserção no mercado de trabalho. Apesar das conquistas nas últimas décadas a desigualdade de gênero no aspecto econômico é um dos mais visíveis. Muitos fatores corroboram para que essa estatística não diminua, uma delas é: mulheres que são responsáveis pela casa e não tem com quem deixar os filhos.


Na capital paraense, o prefeito Edmilson sancionou leis que valorizam ainda mais o papel da mulher na sociedade: Dia Municipal do Empreendedorismo Feminino (Lei 9.691/2021), no dia 19 de novembro; Semana Municipal do Empoderamento Feminino (Lei 9.692/2021), que passará a ser lembrada todos os anos na primeira semana de março.
Ainda tem programas que colocam as mulheres no mercado de trabalho, como o programa Donas de Si que incentiva a entrada no mercado de trabalho com cursos gratuitos.
19 visualizações0 comentário