Dia Mundial do Rim: Saiba como prevenir as doenças renais


Fotos: REPRODUÇÃO

Hoje quinta-feira 10 é o dia mundial dos rins, o dia foi escolhido para enfatizar a importância do cuidado com a saúde renal, uma patologia que está muito ligada a fator biológico, de acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), uma em cada dez pessoas no mundo podem desenvolver a doença renal crônica.


No Pará alguns hospitais são referência no tratamento avançado da doença renal, o Hospital Regional do Sudeste do Pará - Dr. Geraldo Veloso (HRSP), pertence ao Governo do Estado, gerenciada pela Pró-Saúde que cuida de mais de um milhão de pessoas de 22 municípios da região. Pessoa com doenças renais avançado precisam de tratamento especializado, por isso a unidade possui um moderno Centro de Hemodiálise, com máquinas de diálise, salas de observação, e consultórios ambulatoriais.


Em Belém o Hospital Abelardo Santos é referência em nefrologia, doenças do sistema urinário, oferecendo para os portadores da doença tratamento avançado e especializado, com clínica de hemodiálise, terapia em leitos clínicos e de UTI. Além do hospital Abelardo Santos, e do Hospital Regional do Sudeste do Pará temos o Ophir Loyola com uma capacidade muito grade de cuidado com a saúde renal, e mais 11 hospitais estaduais possuem tratamento avançado da doença.


Veja os hospitais estaduais do Pará com tratamento avançado em doenças renais, Hospital Regional do Tapajós (HRT), o Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, Hospital, Santa Casa de Misericórdia do Pará, Hospital da Divina Providência, Hospital Santo Antônio Maria Zaccaria, Hospital São Francisco, Hospital Regional do Baixo Amazonas, Hospital Regional Público da Transamazônica, Hospital Regional Público do Araguaia, Hospital Regional Público do Marajó e Hospital Regional de Marabá.


Dados da Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa), referente ao ano de 2021 entre janeiro a dezembro no estado, foram feitas 34.280 sessões de hemodiálise, são 276 máquinas para o procedimento no Estado com capacidade para atender 1.656 pacientes com insuficiência renal aguda ou crônica graves.


A campanha do dia mundial do rim (DMR) idealizada pela International Society of Nephrology (ISN), este ano está sendo coordenada no Brasil pela SBN, que vem buscando abordar a educação renal nos mais variados setores da saúde com o seguinte Tema: “Saúde dos Rins para Todos: Educando sobre a Doença Renal”. “Saúde dos Rins para Todos: Educando sobre a Doença Renal”.


Segundo dados do ministério da saúde a doença renal crônica é responsável por 2,4 milhões de mortes por ano, e 850 milhões de pessoas com a doença renal crônica (DRC) taxa crescente de casos e mortalidade. Os últimos dados apresentados pelos Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA), o levantamento apresentado no período entre 2006 a 2019 registradas 778.608 mortes relacionadas à insuficiência renal, e sendo que atualmente mais de 140 mil pacientes realizam diálise no país.

13 visualizações0 comentário