Do Festival Belém no Prato à Boulevard da Gastronomia

Prefeito prestigia o lançamento circuito gastronômico

Na noite de ontem, 04, houve o lançamento da primeira edição do Festival Belém no Prato. Este evento busca incentivar o crescimento de chefs locais, usando como base de seus pratos ingrediente típicos do Pará.


Esteve presente no evento o Prefeito Edmilson Rodrigues, que se mostrou bastante entusiasmado com esse regaste e aprimoramento da culinária paraense, também ressaltou o projeto Boulevard da Gastronomia, que vai colocar Belém novamente na rota do turismo mundial.


Ao todo serão 22 estabelecimentos participantes e cada um terá um prato diferenciado, produzido especialmente para o festival, com produtos locais previamente escolhidos por sorteio.


Belém tem uma culinária que encanta e te prendes aqui, caso estejas apenas de passagem. A cidade é reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), como Cidade Criativa da Gastronomia.


Com uma grande variedade de sabores e produtos, a capital paraense virou rota do turismo gastronômico. Quem ama uma boa comida tem que parar em Belém.


Boulevard da Gastronomia:


Em agosto foi apresentado ao prefeito Edmilson, o projeto ‘Boulevard da Gastronomia’, que tem como objetivo ter um espaço voltado exclusivamente para a gastronomia e cultura de Belém.


Lazer, turismo, economia e preservação do patrimônio histórico arquitetônico da área do Boulevard Castilhos França. Essas são algumas das funções sociais que integram o Projeto Boulevard da Gastronomia: um corredor gastronômico para a área do Boulevard Castilhos França, entre a avenida Presidente Vargas e a travessa Frutuoso Guimarães, no bairro da Campina, proposto pela Prefeitura Municipal de Belém, através da Secretaria Municipal de Turismo (Belemtur).


O projeto está orçado em aproximadamente R$ 5 milhões de reais e está em fase de finalização de projeto. Até ao final de fevereiro será enviado para a licitação e publicação do edital. O prazo de execução da obra é de 18 meses. O projeto tem como beneficiários toda a população de Belém, bem como os turistas que visitam a cidade.



Edmilson se reúne com empresários do ramo gastronômico - Foto: Produção BN

25 visualizações0 comentário