Em Belém o preço do pescado continua em queda


Imagem: Secon

O peixe comercializado nas feiras e mercados municipais de Belém apresentou queda nos preços pelo terceiro mês consecutivo, conforme pesquisa divulgada na última quinta-feira (17) pela Secretaria Municipal de Economia (Secon) e pelo Departamento Intersindical de Pesquisa e Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA).


A maior queda aconteceu nos preços da pescada amarela com recuo de 11,94%. A expectativa é que o preço do pescado caia ainda mais e possa abastecer mercados e balneários para os veranistas no mês de julho.


Foi no mês de maio que houveram as maiores quedas nos preços, na pescada amarela, com queda de 11,94%, seguida pela arraia, queda de 11,76, gurijuba (9,56%), dourada (8,61%), tambaqui (6,76%), piramutaba (6,75%), filhote (6,51%), pirapema (5,38%), taínha (4,74%), sarda (4,70%), pratiqueira (3,88%), pescada gó (3,52%), traíra (3,30%), bagre (3,07%) e cangatã (2,10%).


Com a baixa nos preços, muitos consumidores estão preferindo levar o pescado para casa, já que a carne bovina continua em alta. Além do peixe ser um alimento extremamente saudável, rico em ômega 3.

52 visualizações0 comentário