Encontro de Saberes Amazônia e Mudanças Climáticas começa nesta quarta-feira




Começa hoje, 20, às 14h00, no Campus da Universidade Federal do Pará, em Belém, o "Encontro de Saberes Amazônia e Mudanças Climáticas", que acontece de forma híbrida, com um grupo presencial de cerca de 200 pessoas e um grupo virtual, e contará com a participação da Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM). A programação vai até sábado (23) e antecede o 10º Fórum Social Pan-Amazônico (Fospa), que vai ocorrer em julho de 2022, no campus da capital do Pará.


Dentre muitos objetivos, um deles é fazer com que esse espaço seja uma troca de diálogo de saberes entre o conhecimento científico e o conhecimento dos povos indígenas e das comunidades tradicionais, que nem sempre tiveram caminhos comuns, podendo se complementar.

Os temas debatidos:

  • O Estado das Coisas - Perspectivas para a Humanidade;

  • Mudanças Climáticas, Saúde e Soberania Alimentar;

  • Mudanças Climáticas e Defesa dos Territórios;

  • Mudanças Climáticas e Grandes Projetos;

  • Mudanças Climáticas Desmatamento, Destruição e Sociobiodiversidade;

  • Financiamento das Resistências; Interculturalidade;

  • Diálogo entre Amazônia e Povos do Mundo.


Durante a programação, haverá várias intervenções culturais. E ao final, deverá ser elaborada uma carta a ser enviada à Conferência COP-26, que se reunirá em Glasgow, Reino Unido, em novembro deste ano.


Este ano, o evento chama atenção para a ameaça de modelo desenvolvimentista predatório da região amazônica, sendo atacada no que tange aos povos, à fauna, à flora e ancestralidade. Permitindo um rico intercâmbio de conhecimentos e experiências para fortalecer a luta contra a globalização econômica, a violência, a falta de respeito aos direitos dos povos, a destruição da biodiversidade e o desequilíbrio climático.


A importância da Amazônia para uma vida justa, equitativa e saudável, que também é o lar de 300 povos indígenas diferentes, bem como de outros povos e comunidades tradicionais, nesse sentido é vital que haja um equilíbrio climático da Terra.



23 visualizações0 comentário