Fé, oração e família: Edmilson Rodrigues deixa hospital após 12 dias internado pelo coronavírus




Curado após passar doze dias internado para tratar da infecção do coronavírus, o Prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, deixa hospital aplaudido pelos médicos, cumprimentando-os e enfermeiros e demais profissionais, é recebido por um grupo de familiares e amigos. “Gratidão aos profissionais de saúde. Viva o SUS”, levantou uma placa com esses dizeres.


Os doze dias que se seguiram foram de correntes de orações, mensagens de amigos se prontificando a ajudar e carinho de quem estava próximo. Foram recebidas muitas mensagens, correntes de orações e de várias crenças, todas para que Edmilson Rodrigues se recuperasse e que esse momento acontecesse o mais rápido possível do hospital.



Edmilson Rodrigues, tem 64 anos e teve o resultado positivo para o coronavírus confirmado no dia 1º de outubro, e já estava vacinado com as duas doses da vacina anti-covid. Ele começou o tratamento em domicílio e na quarta-feira daquela semana, dia 6, foi internado e permanece em leito do SUS no Hospital Beneficente Portuguesa.


Apesar desse conforto prestado pelos amigos, o momento foi de muita ansiedade e apreensão. Com mais de 600 mil mortes notificadas em decorrência do coronavírus no Brasil. O prefeito Edmilson ficou quase duas semanas de internação, sendo dez dias na semi-UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Durante a internação, o prefeito chegou a fazer uso de suporte ventilatório.



O prefeito disse que, “em três dias eu estava com mais de 70% do pulmão comprometido e não teria resistido. Graças a Deus por ter sido vacinado eu não precisei ser intubado e recuperei", ressaltou Edmilson.
E completou, “quero agradecer a nossa imprensa que, diariamente, informou a população. Claro que o prefeito é a autoridade máxima da cidade, as pessoas têm interesse em saber como está sua saúde. E ao mesmo tempo, têm um amor, um respeito, um carinho por mim e a doença serviu também para valorizar ainda mais esse amor demonstrado pelo cidadão de Belém de todas as forças políticas e culturais. São pessoas que mesmo com as diferenças demonstram humanidade”. Disse o prefeito da capital.






32 visualizações0 comentário