Jovem deixa celular cair na água, mergulha para procurar e desaparece


Para um jovem trabalhador periférico, conseguir comprar algumas coisas é motivo de alegria e de comemoração. Uma vez que o sistema não dá perspectiva de crescimento para as camadas mais baixas da sociedade.


Patrick Oliveira Ribeiro, de 22 anos, desapareceu após mergulhar nas águas da baía do Guajará, na noite desta quinta-feira (21), próximo ao complexo Ver-o-Rio, em Belém.


O jovem se lançou no rio para recuperar um celular de um outro rapaz. Como já estava molhado, o mesmo optou por continuar tomando banho. Quando decidiu terminar o banho, ele tentou subir em uma mureta, escorregou e caiu novamente na água, a suspeita é de que ao cair, o jovem tenha sido arrastado pela correnteza.


Desde o momento do acidente, um amigo que estava com ele disse que ligou para o Corpo de Bombeiros Militar. No entanto, o Copo de Bombeiros informou que por conta do horário, não havia como iniciar a buscas, já que o fator claridade conta muito. Então as buscas iriam começar apenas às 6h, que segundo a família do jovem não ocorreu, as buscas só iniciaram depois das 10h desta manhã.


Ainda segundo relato dos familiares, Pratick morava no conjunto CDP, bairro de Val-de-Cães e trabalha em um lava a jato.

Foto: Reprodução Whatsapp


766 visualizações0 comentário