Médicos investigam sobre problema que levou a cantora Paulinha Abelha à morte


Paulinha Abelha - Foto/reprodução

Os médicos que cuidaram de Paulinha Abelha montaram um quebra-cabeças para chegar a um diagnóstico sobre o que provocou o problema renal que levou a cantora à morte nesta quarta-feira, dia 23.


A cantora teve a morte confirmada por volta das 19h30 desta quarta-feira (23), em Aracaju (SE). Paulinha Abelha passou mal depois de um show que fazia com a banda Calcinha Preta. Ela foi internada no dia 11 de fevereiro, com inflamações nos rins e no fígado. O quadro se agravou até chegar à lesão cerebral e deixá-la em coma profundo.


Entre as hipóteses investigadas pelos médicos estava a intoxicação por uso de remédios para emagrecer e diuréticos. Eles confirmaram que ela estava fazendo tratamento para perder peso, com o uso de fórmula receitada por um nutrólogo.


Contudo, exames realizados em Paulinha Abelha não comprovaram que o uso dos remédios para emagrecer tenha causado lesões na artista. A equipe médica que cuidava da vocalista do Calcinha Preta analisava também a possibilidade de uma “síndrome tóxico-metabólica”, ou seja, pode ser que uma substância ou algo circulando no corpo de Paulinha Abelha tenha causando várias inflamações renais.

223 visualizações0 comentário