Mais de 38 mil candidatos faltam o segundo dia de provas do Enem no Pará


Foto: Mário Carvalho/TV Liberal

O segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi tranquilo, não houveram muitos incidentes. Essa tranquilidade se deu pela desistência de muito candidatos. Segundo dados parciais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), presentes no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Pará houve, aproximadamente, 31,5% de abstenção para a prova tradicional, o equivalente a cerca de 38 mil, 313 candidatos ausentes, e 50% para o Enem Digital.


O número de faltosos superou o do primeiro de provas do ano anterior, 2020, que só no primeiro dia registrou apenas 27% de abstenções.


Problemas:


Poluição sonora efalta de energia foram alguns dos problemas enfrentados pelos os estudantes do interior do estado. Nos municípios de Mocajuba e Baião, localizados no Baixo Tocantins, e em Tailândia, no nordeste do Pará, houve a interrupção do fornecimento de energia elétrica, mas, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, (Segup-pa), o fato, não fez com que as provas fossem prejudicadas.


Denúncias de poluição sonora foram feitas nos municípios do Acará (1), Santarém (2), Castanhal (4) e em Belém (1), no conjunto Panorama XXI, no bairro do Mangueirão, ao todo foram oito denúncias. Os órgãos de segurança informaram que todas a medidas foram tomadas e os problemas foram solucionados.


As informações sobre o dia de prova foram repassadas para o Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, no Distrito Federal (DF), por meio do Sistema Córtex.

17 visualizações0 comentário