Morre Olavo de Carvalho o pensador político de Bolsonaro e a suspeita é de Covid-19


Foto: Reprodução Redes Socias

O escritor e apoiador de ideologias extremistas de Bolsonaro, Olavo de Carvalho, morreu na noite dessa segunda-feira (24) aos 74 anos, em um hospital de Richmond, na Virgínia, Estados Unidos.


O anúncio de sua morte foi feito pela família dele nas redes sociais, na madrugada desta terça-feira (25). A causa do falecimento não foi informada.


Especula-se que Olavo de Carvalho tenha morrido de Covid-19, pois a algumas semanas atrás foi informado em suas redes sociais que o mesmo havia testado positivo para o vírus.


Foto: Reprodução - Redes Sociais - Olavo de Carvalho

O Bolsonarista era um negacionista convicto e uma grade entusiasta do movimento antivacinas e deixava isso claro em suas redes sociais em diversos posts. Em um deles, Olavo disse que vacinas endoidam e que ele poderia ajudar. Em outro post, ele chegou a dizer que não tinha nenhuma única morte ao redor do mundo por Covid-19 e que era tudo uma invenção da imprensa.






Autointitulado professor de Filosofia, embora não tivesse formação na área, ele é considerado um “ex-guru do Bolsonarismo”. O escritor já foi elogiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), mas alvo de críticas por parte dos militares que ocupavam o alto escalão.


Bolsonaro:


Ao tomar conhecimento da morte de Carvalho, ainda na madrugada desta terça, Bolsonaro se manifestou sobre a partida do escritor, que ele considera como "um dos maiores pensadores da história do nosso país".



Foto: Reprodução - Redes Sociais - Bolsonaro


Problemas de saúde:


No ano passado, Olavo de Carvalho precisou foi internado por três vezes em um intervalo de dois meses. Duas dessas internações foram feitas no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InCor). O escritor é cardiopata e, nesse período, foi submetido a diversos tratamentos, uma cirurgia na bexiga e um cateterismo de emergência. O Ministério Público de São Paulo chegou a instaurar à época procedimento para apurar se Olavo furou a fila do SUS. Depois de receber alta na rede pública, ele internou-se novamente, na clínica Saint Marie, na Zona Sul de São Paulo, de onde recebeu alta no fim de novembro.

34 visualizações0 comentário