Motorista que levou assassinos de PM morto no Aurá, se entrega à Justiça


Foto: Reprodução

Francinaldo dos Santos Oliveira, de 48 anos, Sargento da Polícia Militar, foi executado a tiros dentro de um bar, localizado na esquina da Primeira Rua com a Segunda Travessa, no bairro do Aurá, em Ananindeua, na noite da última segunda-feira (18), por volta das 18h.


O homem que dirigia o carro durante a ação dos meliantes, se apresentou à Policia Civil, nesta quarta-feira (19). Ele tem 27 anos e é motorista de aplicativo.


Em seu depoimento, ele diz ter recebido um chamado de uma mulher para fazer uma corrida, no Aurá, ele aceitou e, ao chegar no destino o motorista foi abordado por cinco criminosos que entraram no veículo e o obrigaram a levá-los até o local para cometer o crime contra o militar.


Ainda em seu depoimento, quatro homens desceram do carro e fizeram a execução do policial, outras duas pessoas que estavam no estabelecimento também foram atingidas e foram encaminhadas para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua.


Os cinco criminosos liberaram o jovem de 27 anos, próximo a Alça Viária e fugiram para uma área de mata.

177 visualizações0 comentário