Movimento Alfabetiza Belém divulga lista de selecionados em Chamada Pública; confira

Atualizado: 5 de mai.


Foto: Reprodução - Agência Belém

Inscritos na 1ª Chamada Pública do Movimento Alfabetiza Belém já podem checar a lista com o resultado dos selecionados para as vagas de alfabetizadores, educadores da educação especial e inclusiva e coordenadores.


Ao total de 92 alfabetizadores (as) e educadores (as) da educação especial e inclusiva selecionados será destinada, no período de cinco meses, uma remuneração no valor de R$ 650. Para os coordenadores o valor é de R$ 800.


Com o resultado divulgado pelo Movimento República de Emaús, que pode ser conferido clicando aqui, a partir de agora os selecionados passarão por uma formação inicial, que tem como objetivo dialogar sobre o legado de Paulo Freire e da educação popular como matriz de referência para as políticas educacionais em Belém.


A formação inicial começa já nesta segunda (9) e vai até sexta-feira (13), das 14h às 20h. No sábado (14), o evento ocorrerá das 8h às 13h.


O evento consiste em dialogar sobre uma Belém alfabetizada, educadora, inclusiva e leitura, bem como, promover a compreensão da concepção freireana, através de conceitos, princípios, fundamentos e metodologias, além de promover oficinas pedagógicas baseada na alfabetização de jovens, adultos e idosos.


Movimento Alfabetiza Belém


É uma ação prioritária da Prefeitura de Belém que tem como objetivo reduzir o número de pessoas não alfabetizadas na capital paraense, que, segundo o Cadastro Único para Programas Sociais (Cadúnico), possui mais de 11 mil pessoas nessa condição.


Turmas


O projeto de erradicação do analfabetismo em Belém ofertará turmas em todos os distritos da cidade que serão destinadas para jovens a partir dos 15 anos de idade, adultos e idosos. Para isso, a parceria da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), reúne Movimentos Sociais, as Universidades Federal do Pará (UFPA) e do Estado do Pará (Uepa), o Instituto Federal do Pará (IFPA), a Faculdade Integrada Brasil Amazônia (Fibra) e instituições das esferas municipal e estadual. As turmas começarão a funcionar ainda neste primeiro semestre de 2022.

33 visualizações0 comentário