Museu do Marajó é reinaugurado no município de Cachoeira do Arari


Foto: Bruno Cecim/Agência Pará

O município de Cachoeira do Arari, na Ilha do Marajó, recebeu na tarde desta quarta-feira (03), o novo Museu, totalmente reconstruído, com equipamentos modernos, e totalmente ampliado.


Segundo a Secretaria de Estado de Cultura (Secult), o local reúne elementos da história, da cultura, e da memória do povo marajoara. A entrega contou com a presença do Governador Helder Barbalho, da primeira dama, Daniela Barbalho, do Senador Jader Barbalho, da deputada Federal, Elcione Barbalho, da Secretária de Estado de Cultura, Ursula Vidal, do Prefeito de Cachoeira do Arari, Antônio Bambueta, entre outras autoridades.


O espaço original foi idealizado e fundado pelo museólogo e padre jesuíta, Giovanni Gallo. A reestruturação do espaço, conta com uma área de pouco mais de 3.060m², e vai apresentar aos moradores e turistas da região, um mega salão com inúmeras obras, que foram remanescentes do museu original, incluindo fachada e área de exposições. O museu conta agora com um novo acesso com hall de entrada voltado para a rua principal, uma loja, e uma ampla área administrativa e técnica. Há também a casa do Padre Gallo, varandas externas voltadas para o bosque do Museu e um novo acesso coberto para a reserva técnica do complexo.


De acordo com a Secult, o investimento foi de mais de R$ 3 milhões de reais, no espaço, que passa a ter novas instalações elétricas, hidrossanitárias, instalações de prevenção e combate à incêndios, além de iluminação especial para a exposição das peças e climatização geral. Nas áreas externas, anexas ao pavilhão principal, foram incorporadas duas praças. Uma delas é interna e conecta o pavilhão do museu à sepultura e à casa do padre Gallo. A praça externa foi criada a partir da retirada dos muros do Museu ao longo da nova fachada principal, o que possibilita uma interação direta com a cidade.

23 visualizações0 comentário