Naufrágio em Cametá: o que se sabe até agora sobre essa tragédia


(Foto: TV Tocantina
A embarcação de porte pequeno que naufragou próximo a uma ilha de Cametá. (Foto: TV Tocantina

De acordo com testemunhos, o acidente com uma voadeira aconteceu próximo da Ilha Cacocal. A embarcação transportava 16 pessoas e teria colidido contra um banco de areia e causado o naufrágio do barco e arremessado passageiros no leito do Rio Tocantins. Ontem à noite, uma criança morreu em consequência do acidente.


As causas do naufrágio ainda não foram confirmadas pela capitania dos portos mas segundo relatos o naufrágio teria ocorrido após ondas fortes terem invadido o barco, que por sua vez veio a virar causando a tragedia

(Foto: TV Tocantina


Ainda no domingo, equipes dos bombeiros e a Defesa Civil dão continuidade às buscas no local. O comando do corpo de Bombeiros deslocou uma equipe do 1º Grupamento Marítimo Fluvial com mergulhadores, para dar apoio ao resgate. De acordo com a Marinha, 10 sobreviventes foram resgatados.


Na manha dessa segunda feira a força tarefa de resgate liderada pelo corpo de bombeiros retomou a busca pelos desaparecidos.


O Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA) e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil informaram que três mortes foram confirmadas e outras três pessoas seguem desaparecidas. Até o momento, dez pessoas foram resgatadas.


A Marinha disse, ainda, que vai instaurar inquérito para apurar as possíveis causas e responsáveis pelo ocorrido.


O prefeito de Cametá, Vitor Cassiano, publicou nas redes sociais que a Secretaria de Saúde e de Assistência Social do município está dando apoio ao atendimento às famílias das vítimas e também às equipes de busca.

153 visualizações0 comentário