PM que matou empresário em festa morre durante a transferência para Belém


Foto: Redes Sociais

Clenilson Silva Mota, Cabo da Policia Militar, morreu a caminho de Belém, neste sábado (19). Ele era acusado de matar o empresário Erisvaldo Moura Franco, no último domingo (13), em um bar no centro do município de Altamira, sudoeste paraense.


O Cabo estava sendo transferido para ficar custodiado no Centro de Recuperação Coronel Anastácio das Neves. Clenilson Silva Mota havia sido baleado três vezes durante sua fuga após matar o empresário.


Ainda não se sabe o que teria motivado o crime.


O crime:


O crime foi registrado por câmeras de vídeo do circuito interno do bar em que os envolvidos estavam. As imagens mostram o momento do ocorrido, quando o PM chega e faz vários disparos à queima roupa na cabeça da vítima, em um bar lotado de pessoas. A vítima cai no chão, mesmo assim Clenilson Silva Mota continuo atirando em Erisvaldo, que morreu no local. Uma também foi atingida, mas passa bem.


O acusado tentou se evadir do local, mas foi surpreendido por outro colega de farda, os dois trocaram tiros e Clenilson Silva Mota foi atingido três vezes. Ele foi levado foi encaminhado para o Hospital Regional da Transamazônica em estado grave. Logo depois o mesmo foi transferido para enfermaria do Complexo Penitenciário de Vitória do Xingu, após receber alta do Hospital Regional Público da Transamazônica.

219 visualizações0 comentário