PMs são presos acusados torturar e estuprar jovem no Município de Ananindeua


A prisão dos três policiais ocorreu no início da tarde desta terça-feira (21), sob a acusação de terem torturado e estuprado uma jovem de 18 anos, no município de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.


Segundo a vítima, o crime aconteceu no 13 de julho deste ano, ainda no mesmo dia, ela procurou a polícia civil para realizar um boletim de ocorrência. Ela foi encaminhada para fazer o exame de corpo de delito no Centro de Pericias Cientificas de Renato Chaves.


No laudo médico emitido pelo Renato Chaves, foi comprovado que havia materialidade do crime e indícios fortes de estupro. O corpo de delito comprovou que houve uma fissura nos ânus da vítima e também foi encontrado resquícios de esperma de um dos militares.


As agressões teriam iniciado após os militares tentarem forçar a vitima a declarar que seu companheiro era traficante.


Investigação:


Para chegar até aos envolvidos, o setor de inteligência da Corregedoria da policia militar, olhou nos registros de rastreamento para checar a viatura que estava próxima da casa da vítima. Após localizarem, a corregedoria pode identificar os policiais, depois de identificados, suas fotografias foram mostradas para a vitima que fez o reconhecimento e constatou imediatamente que eram os policiais.


Ela apontou um Tenente como sendo o estuprador. Ainda segundo a jovem, os outros dois policiais teriam colocado a cabeça da moça em saco plástico.


Os três policias tiveram sua prisão preventiva decretada nesta terça e o processo corre em segredo de justiça. A vítima atualmente encontra-se no Programa de Proteção a Vítimas e Testemunhas Ameaçadas (Provita), após receber ameaças de morte por ter denunciado o caso.

1.131 visualizações0 comentário