Policial militar e sobrinho são mortos a tiros em residencial e suspeito é preso nesta manhã (16)


Foto: Reprodução - Márcio Nagano

Um duplo homicídio ocorrido na tarde do ultimo domingo (15), chocou os moradores do Residencial Viver Melhor, em Marituba, na Região Metropolitana de Belém. As vítimas são o militar da reserva, Raimundo Nonato Menezes Pereira, de 55 anos, e o sobrinho dele, Leandro de Jesus Menezes, de 17 anos. Ambos foram mortos a tiros, ninguém foi preso.


Segundo informações preliminares dadas pelos policiais que atenderam a ocorrência, os assassinos seriam integrantes de uma facção criminosa que vem cometendo uma série de crimes no estado.


Ainda segundo os policiais, o militar estava fazendo entregas de açaí, uma que vez que era dono de um ponto de vendas açaí dentro do residencial, neste momento, ele surpreendido por pelo menos quatro homens armados que dispararam mais 50 tiros contra o carro em que estavam as vítimas. Raimundo Nonato perdeu o controle do veiculo e acabou invadindo com o automóvel uma área de mata que fica no conjunto.


Nas redes sociais, muitos militares compartilharam um vídeo onde a vítima aparece dançado com uma criança.



Já seu sobrinho, teria vindo do interior para estudar e trabalhar junto com o tio.


Prisão:


Um dos suspeitos de envolvimento na morte do policial militar da reserva, identificado como Raimundo Nonato Menezes, foi preso na manhã desta segunda-feira, 16, por policiais penais e apresentado na Divisão de Homicídios da Polícia Civil




214 visualizações0 comentário