Prédio da prefeitura abandonado desde 2014 em Mosqueiro vai virar um espaço cultural



A Administradora Distrital de Mosqueiro, Vanessa Egler, visitou o prédio abandonado pela gestão passada, que fica no bairro da Vila, em Mosqueiro, lá funcionava o banco do Pará, o espaço precisa de uma pequena reforma estrutural.


A intenção da prefeitura é transformar em um espaço de cultural com exposição fixa que contará a história da ilha, e com outras exposições itinerantes e apresentações culturais. “Mosqueiro merece um espaço de cultura que conte sua história e que valorize artistas locais” disse Vanessa, que tem se empenhado para resolver os problemas de Mosqueiro para receber os veranistas e movimentar a renda da ilha, que a pandemia atingiu fortemente.


A agente distrital fez uma visita no prédio acompanhada de moradores, e mostrou as péssimas condições do lugar que tá abandonado desde 2014. Vanessa já começou as reformas e pretende inaugurar em julho.



Foto: Belém Noticias


A Ilha de Mosqueiro é o reflexo do abandono que Belém vive nos últimos 17 anos, os problemas no Distrito são enormes, como os buracos nas ruas, o mercado Municipal que foi inaugurado mais com as obras inacabadas, a ocupação dos espaços de forma irregular, o problema com a coleta de lixo que precisa ser revista através dos contratos que a gestão passada deixou. São muitos problemas que vão precisar de recursos da prefeitura para serem resolvidos. Zenaldo Coutinho deixou uma herança de abandono que é a grande marca de sua gestão irresponsável e incompetente.


O novo espaço tem previsão de abertura para o mês de julho, e assim, no período que mais recebe visitantes na ilha, os frequentadores e moradores já poderá já visitar o local.


148 visualizações0 comentário