Praça Waldemar Henrique ganha vida com a chegada da quadra junina


Foto: Reprodução - Alessandra Serrão / Agência Belém

A praça Maestro Waldemar Henrique, no bairro do Reduto, volta a ser palco do concurso de quadrilhas juninas da Prefeitura de Belém, após mais de cinco anos com o festejo longe do espaço.


O complexo Waldemar Henrique, vem passando por uma grande reforma para receber não apenas os grupos culturais, mas o público belenense também. Afinal, esse é o primeiro ano pós-pandemia que a competição será agraciada com a presença da população.


A expectativa é que 40 grupos de quadrilhas e toadas, parafolclóricos, pássaros juninos, cordões de bicho e carimbó e demais grupos do segmento se apresentem no “Arraial da Nossa Gente”, durante os dias 15 a 30 de junho.


Um desses grupos é o Paraíso Junino, de Val-de-Cães, que vem com o tema “A saudade acabou, a Paraíso voltou”. Segundo uma das brincantes, Thatta Santos, a expectativa para o concurso é enorme. “Espero grandes emoções, sei que faremos um lindo espetáculo”. Disse ela.



Foto: Paraíso Junino - Reprodução.

A volta da Praça Waldemar Henrique como local do espetáculo junino na cidade promete reviver os grandes concursos de quadrilhas e de miss, que o local já vivenciou, desde 1999, quando a praça foi inaugurada pelo então prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues.


O mês de junho é um mês atípico na cidade de Belém, as festividades da época fazem a alegria de milhares de paraenses. A tradição junina é o segundo maior evento cultural da capital, ficando apenas atrás do Círio de Nazaré, festividade religiosa que atrai milhões de pessoas.

Segundo a Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), o grande avanço da vacinação e as medidas de segurança e de saúde para a população possbilitará que os editais e apresentações contemplem a todos e que o evento possa ser desfrutado com a maior segurança possível.

871 visualizações0 comentário