Prainha do Telegrafo: a descoberta que virou um refugio para os moradores da periferia


Foto: Ivan Duarte/ O Liberal

Para quem mora em bairros periféricos na capital paraense, a falta de lugares para lazer é um problema antigo. A busca de locais para diversão faz que qualquer quintal se transforme em praia. E foi isso mesmo que aconteceu. Vou te explicar!


Cerca de duzentas famílias que compartilham um quintal em comum que ficou conhecido como a "praia do Telégrafo", que fica em uma comunidade Beira Mar, no Bairro do Telégrafo.


Inicialmente a “praia” fazia parte do quintal de todos da comunidade. Mas há três anos atrás, os moradores resolveram limpar toda a área, retiraram até cobras do local e devolveram para o outro lado.


Atualmente os moradores estão em conversa com a prefeitura para que sejam orientados com relação a tomar banho no local.

145 visualizações0 comentário