Prefeito de Belém: "Bora comer peixe," é seguro!


Edmilson no Complexo Ver-o-Peso comprando peixe - Foto: produção BN


O medo tem impedido que as pessoas comprem peixe devido a doença de Haff, popularmente conhecida como “urina preta”. Nessa manhã o prefeito visitou a feira do Complexo do Ver-o- Peso, comeu peixe com os feirantes, uma dourada e chamou o povo para virem comprar peixe que é seguro.


Esse incentivo é importante, Edmilson Rodrigues, almoçou e conversou com feirantes sobre principais demandas da feira, bem como, sobre a queda de vendas de peixe.


Conversando com os feirantes, o prefeito da capital esclareceu que a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), desde quando surgiu os primeiros casos no Estado, está monitorando a situação, e que até o momento não confirmou nenhum caso.


Edmilson reforçou que não é preciso ter medo de comprar e consumir a iguaria. E que é preciso entender a importância de valorizar o pescado fresco e o trabalho dos pescadores, que dependem das vendas como sustento.



Edmilson conversando com os feirantes - Foto: Equipe BN

A ‘doença da urina preta’ (Síndrome de Haff), está relacionada ao consumo de algumas espécies de peixes como arabaiana, conhecido como olho de boi, badejo, tambaqui ou crustáceos, as pessoas pararam de comprar com receio e falta de informação também, isso prejudicou os vendedores e a economia do setor pesqueiro.


Na visita ao Complexo Complexo do Ver-O-Peso, além do prefeito Edmilson, também estavam o titular da Secretaria Municipal de Economia (Secon), Apolônio Brasileiro, o diretor do Departamento de Vigilância de Saúde da Sesma, Cláudio Salgado, parlamentares municipais e demais autoridades.

561 visualizações0 comentário