Prefeitura de Belém lançou plataforma de participação popular



A Prefeitura Municipal de Belém realizou, ontem (5), o lançamento do programa de participação popular que terá a plataforma “Tá Selado”. A plataforma será a base de apresentação de propostas dos bairros para a gestão municipal e que serão utilizadas na elaboração do Plano Plurianual (PPA), Lei Orçamentária Anual (LOA) e no plano de longo prazo, “Belém 2035, 200 anos da revolução cabana”.


“A participação popular é de fundamental importância para a construção de uma cidade mais justa, sustentável e acolhedora para as pessoas”, disse o prefeito Edmilson Rodrigues ao anunciar o lançamento da plataforma.


O lançamento da plataforma foi realizado no Solar da Beira, no Complexo Ver-o-Peso, O evento foi de formato semipresencial. Foi transmitido de vários pontos dos oito distritos do município de Belém. E nas redes sociais teve uma aceitação e muitos votos de positividade para a plataforma

"Tá Selado".

Esse processo é mais uma etapa da construção do “Governo da Nossa Gente” em Belém, que vem mostrando o seu diferencial e inovando com o novo modelo de governar na capital mais populosa da Amazônia brasileira.



Plataforma “Tá Selado”


O "Tá Selado" foi planejado para ser um canal de participação pública no planejamento das ações de desenvolvimento de Belém e é aberto à participação dos moradores de todos os bairros e segmentos específicos como os indígenas, negros e negras, mulheres, LGBT e idosos.

Além da “Tá Selado”, outras ações serão realizadas em plenárias divididas por bairros e segmentos sociais para que a população do município de Belém debata suas necessidades e prioridades. Deste processo, serão eleitos, pela própria população, delegados e delegadas de cada bairro e segmento social. Nisso, os representantes levarão as demandas de seus bairros para que sejam definidas as ações prioritárias da Prefeitura de Belém.

35 visualizações0 comentário