Prefeitura de Belém vai intermediar demandas junto à empresa São Luís


Foto: Reprodução - Redes Sociais

Representantes dos trabalhadores da empresa São Luís, lideranças Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belém (Sintrobel) e a Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), se reuniram na tarde da última quinta-feira (08), para discutir salários atrasados.


Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Belém (Sintrebel), os quase 60 colaboradores reivindicam a regularização de pagamentos, férias e outros benefícios e direitos trabalhistas em atraso.


A São Luiz presta serviço para as linhas Canudos Praça Amazonas II (Tucunduba) e Canudos Presidente Vargas.


A Semob será uma das intermediadoras das conversas entre os colaboradores da São Luís o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setransbel).

Para não deixar os usuários do transporte público desassistidos, a Semob determinou que as empresas São José e Rio Guamá, que dispõem de linhas com itinerários sobrepostos aos da São Luís, também reforcem suas frotas enquanto durar a paralisação.


Uma nova reunião com os representantes da Prefeitura Municipal foi marcada para a próxima quarta-feira, 13.



66 visualizações0 comentário