Programação do Novembro Afro em Belém traz fé, tradição e discussão de políticas públicas



Novembro ficou marcado com um mês de extrema importância é celebrado a luta dos povos afros, em busca de uma sociedade mais igualitária, e acima de tudo, harmoniosa, para se viver.


Neste sentido, a Coordenadoria Antirracista de Belém (Coant), da Prefeitura de Belém, através de suas secretarias, estão empenhadas, em fazer com que Novembro seja um mês de ampla comemoração, e claro conscientização, levando assim, a população, uma extensa programação das artes, da educação, e ainda, diversos serviços direcionados a comunidade afro-brasileira de Belém.


A imensa programação, que inicia nessa sexta (05), vai até o dia 26 deste mesmo mês, e vai contar com a presença das pastas municiais, que vão da Administração (Semad), além da Saúde (Sesma), Educação (Semec), Meio Ambiente (Semma), Cidadania e Direitos Humanos (SecDH), além das fundações Escola Bosque (Funbosque), Papa João XXIII (Funpapa) e Cultural do Município (Fumbel).


Segundo a titular da Coant, Elza Rodrigues, o objetivo da campanha é explicar de forma ainda mais clara a sociedade, as ações que a atual gestão municipal tem realizado em alusão a população negra da nossa região.


Além disso, a titular ressalta, que mais de 70% da população Belenense é composta por cidadãos negros, e é como dever da Prefeitura, realizar as devidas e justas políticas públicas de reafirmação racial, fazendo com que, campanhas como essas, sejam ainda mais contundentes, para combater de forma mais precisa o racismo na nossa cidade.


Vale lembrar que, neste mês de novembro, no dia 20, ficou marcada na história, a imensa luta da população negra no Brasil, sendo assim, estabelecida pela Lei de n°10.639, em janeiro de 2003, o Dia Nacional da Consciência Negra.


A data foi marcada em alusão ao dia em que aconteceu a morte de Zumbi dos Palmares, que foi um dos líderes da resistência negra e da luta pela liberdade, e igualdade, no Brasil.



Confira a programação:


A programação do novembro da Consciência Negra ofertará, a partir da sexta-feira (05), as ações de educação, saúde, cultura e de cidadania, em diversos bairros e distritos, além de estarem presentes também, nos espaços públicos, da capital do Estado.


5/11 - Roda de conversa "Direito Psicologia e Racismo", às 10h, no Salão Paulo Freire - Semec.

- Atividade Contra o Genocídio da Juventude Negra: sete anos da chacina de Belém, às 9h, Campinho da Olaria, bairro Tapanã.


8/11 - Exibição do filme Poderia ter sido você; roda de conversa ''Do Luto à Luta", às 18h30, no Cine-Líbero Luxardo.


8 a 12/11 - Atotô, SalubáNanã: saúde nos terreiros, das 8h às 12h. Terreiros: Hunkpame Abuke kwe, Batista campos, 1026. Mãe Matilde Oxal,- Rundembo Inzo de Borburucema- Guamá Mãe Beth, Casa do Pai Naldo de Xangô - Outeiro.


10/11 - Projeto Cesta Nutrir Juntos em parceria com a Coant, das 10h às 12h, no auditório do Mercado de Carne Francisco Bolonha.


11/11 - Sessão Especial na Câmara de Belém, às 9h.


12/11 - Seminário: Saúde da população negra, das 9h às 12h, no auditório da Sesma.


12/11 - Entrega das Cestas Nutrir Juntos, às 14h, no auditório do Mercado de Carne Francisco Bolonha.


13 a 14/11 - Ecofeira da Consciência Negra, das 8h às 14h, na Praça Milton Trindade.(Horto Municipal/ Batista Campos).


16 a 22/11 - Curso para servidor sobre políticas de ações afirmativas, das 9h às 12h, na sede da Semad.


19/11 - Rodas de conversa, lançamento dos Livros, varal de fotografia e apresentação do grupo Xamã durante a manhã na Escola Bosque, em Outeiro.

- Show AfroAmazônico e lançamento de edital para artistas negros/negras, das 16h às 20h, no Memorial dos Povos, localizado na av. Governador José Malcher.

- Novembro Negro UMS do Satélite, das 8h às 18 horas, na Unidade Municipal de Saude - UMS, bairro Satélite.

- Assinatura da Portaria de criação do GT- Saúde da População Negra de Belém - UMS Satélite.

- Jornadas Culturais da Consciência Negra, das 9h às 12h, nas Escolas Municipais de Mosqueiro.


20/11 - Ecofeira da Consciência Negra e feira de troca de mudas e sementes crioulas, das 8h às 18h, na Praça Milton Trindade (Horto Municipal);

- Apresentação do Projeto Cartografia da Cultura AfroBrasileira e Indígena da Escola de Aplicação da UFPA, às 9h, na Praça Milton Trindade (Horto Municipal).

- Oficina de produção de chás medicinais, com povos tradicionais de matriz Africana, às 9h, na Praça Milton Trindade (Horto Municipal).

- Roda de Capoeira de Angola, Dança Circular dos Pretos, às 17h, na Praça Milton Trindade (Horto Municipal).

- Campeonato Distrital de Capoeira, Zumbi dos Palmares, às 9h, na Praça Matriz.

- Mostra de filme Besouro, de João Daniel Tikhomiroff, seguida de roda de conversa, às 17h, Centro Multicultural Solar da Arte.

- Mostra de Talento da Juventude Negra da Ilha, a História da População Negra no Brasil, às 20h, na Praça Matriz de Mosqueiro.

- Ação Cidadania Negra e Agro-Feira Ecológica, às 9h, na rua dos Timbiras, entre 14 de Março e Generalíssimo Deodoro.


25/11 - Lançamento, literário infantil negra em libras, braille e áudio descrição nas redes sociais.


26/11 - Ação Cidadania Negra, na Escola Municipal Cássia Barbosa, às 8h, na Escola Municipal Cássia Barbosa, Espaço Mestre 70, Guamá.

42 visualizações0 comentário