Reforma do Carramanchão de Mosqueiro realizada por Zenaldo desabou


O caramanchão da praia do Chapéu Virado, em Mosqueiro, passou por uma reforma “eleitoreira” do ex-prefeito, o tucano Zenaldo Coutinho, mas, por conta das fortes chuvas e ventania, o caramanchão caiu no dia 9 de janeiro deste ano e a nova gestão da Prefeitura de Belém está recuperando o monumento turístico.


O logradouro público é ponto turístico da Ilha e sua primeira construção data de 1944, em pleno período da segunda guerra mundial. Igual a ele, existem outros caramanchões espalhados pela bucólica como elemento decorativo de praças e espaços públicos.



A nova administração da Prefeitura de Belém, através da Agência Distrital de Mosqueiro, imediatamente iniciou a recuperação do monumento e em breve será devolvido ao público, contudo, será entregue como foi construído pela primeira vez, em 1944. A arquiteta Márcia Gomes, responsável pela obra de reforma, fez uma pesquisa histórica sobre o elemento urbano e descobriu que ao longo das reformas a peça sofreu alterações nas medidas originais e nas cores.



"O caramanchão não deve ser pintado, respeitando a tonalidade da madeira e o tamanho original é de 10x10 na base e 7x8 nas peças de cima", explicou a arquiteta, quando esteve vistoriando a obra, logo após o desabamento.


O caramanchão é uma obra de interesse público, conforme classificação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) podendo ser reformado ao sofrer danos, como foi o caso desse elemento do Chapéu Virado, que desabou após forte ventania e por estar com avarias na estrutura. A vistoria faz parte do processo de reforma e foi acompanhada pelo engenheiro civil Augusto Monteiro (Seurb); e assessores da ADMOS, respectivamente, que sob comando da nova gestão da Prefeitura Municipal, estão empenhados em recuperar o Carramanchão.


Além do caramanchão, Mosqueiro está recebendo as obras de dragagem e limpeza do canal do Cariacanga, no bairro do Maracajá. A Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), já realiza as obras dentro do Programa Belém Bem Cuidada, de limpeza urbana e prevenção de alagamentos.

10 visualizações0 comentário