Rodoviários da Monte Cristo cruzam os braços mais uma vez


Os rodoviários da Viação Monte Cristo paralisam os serviços mais vez. Deixam mais vários usuários das linhas esperando por horas nas paradas.


O motivo da paralisação é o mesmo desde o ano de 2019: o não pagamento dos salários, a defasagem salarial da categoria; atraso nas férias ou, segundo eles, nem há férias; vale alimentação atrasado.


A Viação Monte Cristo conta com 500 colaboradores rodoviários, que operam as linhas CDP - Providência, Pedreira - Lomas (linhas A e B), Pedreira - Nazaré, Sacramenta - Humaitá, Sacramenta - Presidente Vargas, Sacramenta - São Brás e Marex-Arsenal. A frota tem em média 180 ônibus.

57 visualizações0 comentário