Rodoviários da Monte Cristo cruzam os braços mais uma vez


Os rodoviários da Viação Monte Cristo paralisam os serviços mais vez, nesta manhã de segunda-feira (25).


O motivo da paralisação é o mesmo desde 2019: o não pagamento dos salários, a defasagem salarial da categoria; atraso nas férias ou, segundo eles, nem há férias; vale alimentação atrasado.


A Viação Monte Cristo conta com mais 500 colaboradores rodoviários, que operam as linhas CDP - Providência, Pedreira - Lomas (linhas A e B), Pedreira - Nazaré, Sacramenta - Humaitá, Sacramenta - Presidente Vargas, Sacramenta - São Brás e Marex-Arsenal. A frota tem em média 180 ônibus. Com a paralisação, cer de 10 mil belenenses ficaram prejudicados.

72 visualizações0 comentário