Semas aplica autos de infração contra mineradora Imerys após incêndio em galpão


foto/reprodução


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas), autuou a mineradora Imerys, após o grave incêndio em um dos seus depósitos, em Vila do Conde, no município de Barcarena, no nordeste do Estado. O órgão ambiental, após as análises prévias, identificou no solo da região um alto teor de contaminação, devido os materiais altamente tóxicos que são utilizados pela empresa, como o caulim, por exemplo. Além disso, o ar da região, encontra-se também com um alto teor de poluição, o que tem feito, com que os moradores que vivem próximos ao local, sejam obrigados a procurarem atendimento médico, e desse modo, sobrecarregado o sistema de saúde do município. O Ministério Público deu um prazo até o dia de ontem (08), para a mineradora apresentar as informações sobre o que ocasionou o incêndio, e até a manhã desta quinta-feira (09), a empresa informou que investiga o caso com as autoridades da região, e que até o momento, não detectou novos riscos de incêndio na sede da empresa. O Belém Notícias tem acompanhado mais esse grave caso ambiental no município, desde os primeiros momentos, e o passo a passo das investigações, e seguirá atualizando as informações.

39 visualizações0 comentário