Sucateados e desconfortáveis: empresas de ônibus propõem aumento da passagem para R$ 4,87


Foto: Alessandra Serrão - NID/Comus

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setransbel) apresentou uma nova proposta de reajuste da tarifa para o valor de R$4,87. Atualmente o belenense paga R$3,60 para ter acesso ao serviço. Segundo a Setransbel com o aumento nos preços dos combustíveis, que já chegou aos 33,73%, o aumento será inevitável. O reajuste será de R$0,50 na tarifa.


O último reajuste foi em 2019, onde a passagem de ônibus passou de R$3,30 para R$3,60. No entanto, as empresas não investiram em melhorias e ônibus continuam sucateados.


O transporte público no Brasil estrutura-se, principalmente, pela utilização de ônibus e na capital paraense não há trens e metrôs.


Então a população tem que recorrer aos coletivos para chegar aos seus destinos todos os dias. O transporte público no Brasil é considerado ruim e ineficiente, com passagens caras e ônibus frequentemente lotados, veículos em condições precárias que não oferecem conforto algum, além do grande tempo de espera nos pontos de ônibus.


130 visualizações0 comentário