Tentativa da derrubada do veto no PL 01/2020, foi marcado por baixarias de vereadores na CMB


A tentativa de derrubar o veto do PLC 01/2020, foi frustrado pelo movimento social de moradores de Belém que fizeram protesto nessa manhã na Câmara Municipal de Belém. Uma comissão foi recebida pelo presidente da casa Zeca Pirão que se comprometeu a não votar o projeto e abrir o debate com a população.


O movimento “SALVE Amazonia” que organizou o ato, cobrou dos vereadores debates com a sociedade e transparência nas decisões da casa. Em reunião feita com vereadores da casa e líderes dos movimentos sociais, foi proposto a realização de audiências públicas para que a população possa participar dos debates sobre a alteração do plano diretor de Belém.



Enquanto o ato acontecia em frente a Câmara Municipal, os vereadores que estavam dentro da plenária utilizaram o púlpito da casa para esbravejar palavras de cunho ofensivo ao movimento. O vereador Roni Gás (PROS), enquanto gritava na plenária, tentou rasgar o documento entregue pelos manifestantes falando que votaria a favor da derrubada do veto.



Outra fala polêmica foi a do vereador Emerson Sampaio (PP), que apontou que a população que estava protestando contra a derrubada do veto era comprada e usada como massa de manobra, descredibilizando o ato que acontecia em frente a CMB.

Os vereadores Lívia Duarte, Fernando Carneiro e Nazaré Lima todos do Psol, se posicionaram contrários ao projeto, e fizeram falas para o movimento se comprometendo a continuar lutando para que a PLC 01/2020 não passe.

26 visualizações0 comentário